segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

MAMOGRAFIA - INCIDÊNCIA CRÂNIO-CAUDAL (CC)



Patologia Demonstrada
Essa incidência permite a detecção e/ou a avaliação de calcificações, cistos,
carcinomas ou outras anormalidades ou alterações no tecido mamário.
Ambas as mamas são mostradas separadamente para comparação.

Mamografia

Básicas
Crânio-caudal (CC)
Obliqua médio-lateral (OML)

Fatores Técnicos
Tamanho do filme - 18 x 24 cm (8 x 10 polegadas ), em sentido transversal,
ou 24 x 30 cm (10 x 12 polegadas), em sentido transversal
Grade móvel
25 a 28 kVp
Técnica e dose:

Proteção Colocar avental de chumbo na cintura.

Posição do Paciente Ortostática; se não for possível, sentada.

Posição da Parte
A altura do chassi é determinada pela elevação da mama até atingir um ângulo
de 90° em relação à parede torácica. O chassi ficará no nível dos limites
superiores da prega inframamária.
A mama é puxada para  frente, centralmente ao chassi, com o ma­milo
posicionado de perfil.
O braço do lado examinado está relaxado, e o ombro fica fora do campo.
A cabeça é girada para o lado oposto ao estudado.
Rugas e dobras na mama devem ser alisadas, e a compressão aplica­ da até
que a mama esteja tensa.
O marcador e a identificação da paciente são sempre colocados na face axilar.

Raio Central
Perpendicular, centralizado com a base da mama, a borda do chassi
em contato com a parede torácica; RC não móvel
DFoFi: Fixa, varia com o fabricante, cerca de 60 cm (24 polegadas)

Colimação Usar o cone de colimação apropriado.

Respiração Prender a respiração.
Observação: Certificar-se de que a câmara de CEA selecionada é para
parede torácica.

Critérios Radiográficos
Estruturas Mostradas: Todo o tecido mamário deve ser visualizado,
incluindo as porções central, subareolar e media I da mama (algumas vezes,
o músculo peitoral também é incluído). A medida da linha mamilar posterior
(LMP) deve estar dentro de 1 em da medida da OML.

Posição e Compressão: o  mamilo é visto de perfil. A espessura do tecido
é distribuída igualmente no chassi, indicando a compressão ideal.

Colimação e RC:  RC e a câmara de colimação são fixos e estarão
centralizados corretamente se o tecido mamário estiver apropriadamente
centralizado e visualizado no chassi.

Critérios de Exposição: Áreas densas são adequadamente penetradas,
resultando em ótimo contraste. Tramas teciduais nítidas indicam a ausência
 de movimento. o  marcador D ou E e a informação da paciente estão colocados
corretamente no lado axilar do chassi; ausência de artefatos.



.

Um comentário: