terça-feira, 29 de novembro de 2011

SUBMENTOVÉRTICE (HIRTZ): CRÂNIO




ESPECIAL
Submentovértice (SMV)


Fatores Técnicos

Tamanho do filme - 24 x 30 cm (10 x 12 polegadas), em sentido longitudinal
Grade móvel ou estacionária
Faixa de 70-80 kVp
Ponto focal pequeno
Técnica e dose:

Proteção: Proteja a região torácica superior do paciente (a proteção do pescoço
e da tireóide obscurecerá a área de interesse).

Posição do Paciente: Tirar todos os objetos de metal, plástico ou outros objetos
removíveis da cabeça do paciente. Fazer a radiografia com o paciente na
posição ortostática ou em decúbito dorsal.
A posição ortostática, que é mais fácil para o paciente, pode ser feita com uma
mesa ereta ou um Bucky vertical (ver Fig. 11.48, detalhe).


Posição da Parte

Elevar o queixo do paciente, hiperextendendo o pescoço se possível até que a
linha infra-orbitomeatal (LIAM) esteja paralela ao filme (ver Observações abaixo).
Apoiar a cabeça do paciente pelo vértice.
Alinhar o plano mediossagital perpendicularmente à linha média do porta-
filme ou mesa/superfície de Bucky, evitando rotação e/ou inclinação.

Decúbito dorsal: Com o paciente em decúbito dorsal, estenda a cabeça do
paciente acima do fim da mesa e apóie o porta-filme e a cabeça conforme
mos­trado, mantendo a LIaM paralela ao filme e perpendicular ao RC Se a
mesa não se inclinar como mostrado na Fig. 11.48, use um travesseiro sob o
dorso do paciente para permitir extensão suficiente do pescoço.

Ereta: Se o paciente for incapaz de estender suficientemente o pescoço,
compense através da angulação do RC para mantê-Io perpendicular a LIaM.
Dependendo do equipamento usado, o filme pode também ser angulado para
manter a relação perpendicular com o RC (como no caso do Bucky vertical
ajustável).
Essa posição é muito desconfortável para os pacientes tanto na posição
ortostática quanto no decúbito dorsal; realize o exame o mais rápido possível.


Raio Central

O RC é perpendicular à linha infra-orbitomeatal.
Centralizar a 3/4 de polegada (2 cm) anterior ao nível das MÃES (a meio
caminho entre os ângulos da mandíbula).
Centralizar o receptor de imagem (filme) em relação ao Rc.
DFoFi mínima de 40 polegadas (100 cm).

Respiração: Prender a respiração.

Critérios Radiográficos
Estruturas Mostradas: Forame oval e espinhal, mandíbula, seio esfenoidal e
células etmoidais posteriores, processos mastóides, cristas petrosas, palato
duro, forame magno e osso occipital.

Um comentário:

  1. Boa Tarde Claudia

    Adorei o blogger !
    Estou no 2°modulo de Radiologia Medica e seu conteudo e otimo.
    Parabens.
    Ja estou seguindo seus dois blogger's.

    Beijos

    Danny

    ResponderExcluir