sábado, 11 de fevereiro de 2012

INCIDÊNCIA AXIAL LATERAL: MASTÓIDES (Método de Schuller





ESPECIAL
Axial lateral (Schuller) . Obliqua axial lateral (Arcelin - Stenvers invertido)
Obllqua axial lateral (método de Mayer e modificação de Owen)

Fatores Técnicos
Tamanho do filme - 18 x 24 cm (8 x 10 polegadas), em sentido longitudinal
Grade móvel ou estacionária
Faixa de 70-80 kVp
Ponto focal pequeno
Técnica e dose: _

Posição do Paciente: Tirar todos os metais, plásticos e outros objetos
removíveis da cabeça. Colocar o paciente em semidecúbito ventral, posição
ortostática ou em decúbito.

Posição da Parte
Fixar cada orelha na frente para prevenir sobreposição do mastóide. Colocar o
lado lateral da cabeça contra a superfície da mesa/Bucky
vertical com o lado de interesse mais perto do filme.
Ajustar a cabeça em uma posição lateral verdadeira, com o corpo
oblíquo se necessário para o conforto do paciente.
Alinhar a linha interpupilar perpendicular ao filme.
Alinhar o plano mediossagital paralelo ao filme.
Posicionar a linha infra-orbitomeatal perpendicular à margem anterior
do filme.

Raio Central
Angular o RC 25° a 30° caudalmente, centralizado para sair na parte inferior
da ponta do mastóide, entrando aproximadamente 4 cm (1 1/2 polegada)
superior e posterior ao MAE do lado superior.
Centralizar o filme em relação ao RC projetado.
DFoFi mínima de 40 polegadas (100 cm).

Respiração: Interromper a respiração durante a exposição.

Critérios Radiográficos
Estruturas Mostradas: Perspectiva lateral das células aéreas mastóides e
labirintos ósseos no lado mais perto do filme. Côndilo da mandíbula e ATM
visualizados anteriores às células mastóides de interesse.




3 comentários: