quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

PARIETOACANTIAL MODIFICADA (WATERS): FACE




ESPECIAL
Parietoacantial modificada (método de Waters modificado)

Fatores Técnicos
Tamanho do filme - 18 x 24 em (8 x polegadas), no sentido longitudinal
Grade móvel ou estacionária
Faixa de 70 a 80 kVp
Ponto focal pequeno
Técnica e dose: em kVI

Posição do Paciente: Tire todo metal, plástico e outros objetos removíveis
da cabeça. A posição do paciente é de pé ou em decúbito ventral (a posição
de pé é preferida, se a condição do paciente o permitir).

Posição da Parte 
Estenda o pescoço, repousando o queixo e o nariz contra a superfície da
mesa Bucky vertical.
Ajuste a cabeça até que a linha labiomeatal (LLM) esteja perpendicular; a
LOM forma um ângulo de 55° com o filme.
Posicione o plano mediossagital perpendicular alinha média da grade ou da
superfície da mesa Bucky vertical.  Assegure-se de que não haja rotação ou
inclinação da cabeça.

Raio Central
Alinhe o RC perpendicular, centrado para sair no acântio. . Centre o filme
para o RC
DFoFi mínima de 40 polegadas (100 cm).

Respiração: Prender a respiração durante a exposição.

Critérios Radiográficos
Estruturas Mostradas:  Os soalhos das órbitas são visíveis
nessa incidência, que também fornece uma vista menos distorcida das bordas
orbitárias como um todo do que uma incidência parietoacantial (Waters).


Nenhum comentário:

Postar um comentário