sábado, 31 de março de 2012

OBLÍQUA AP: ROTAÇÃO MEDIAL OU LATERAL: ARTELHOS

ESPECIAL
AP
Oblíqua
Lateral


Fatores Técnicos
Tamanho do filme - 18 x 24 cm (8 x 10 polegadas), em sentido transversal
Dividir em dois, se for realizar outra incidência no mesmo chassi.
Écran de detalhes, mesa de exame
Chassi digital - usar máscara de chumbo
Faixa de 50-60 kVp


Técnica e dose

Posição do Paciente: Realizar a radiografia com o paciente em decúbito ventral; fomecer travesseiro para apoiar a cabeça e uma pequena esponja ou toalha dobrada sob a perna para maior conforto do paciente.


Posição da Parte 
Flexionar dorsalmente o pé de modo que a superfície plantar forme um ângulo de
15 a 20° a partir do eixo vertical.
Flexionar dorsalmente o primeiro artelho (grande artelho) e repousa-lo sobre o chassi para manter a posição.
Assegurar que o eixo longitudinal do pé não está rodado; colocar sacos de areia ou outro suporte em ambos os lados do pé para evitar movimentos.


Raio Central
RC perpendicular ao chassi, direcionado tangencialmente para a face
posterior da primeira articulação metatarsofalangiana (dependendo
da quantidade de dorsiflexão do pé, pode ser necessário inclinar ligeiramente
o RC para uma incidência tangencial verdadeira).
DFoFi mínima de 40 polegadas (100 cm)


Critérios Radiográficos
Estruturas Mostradas: Os sesamóides devem ser vistos alinhados, livres de sobreposição. 







Nenhum comentário:

Postar um comentário